Daikin Multi-Split Residencial MXM (R-32)

Sku: Multi-Split Residencial MXM R-32

Unidades Multi-Split da Gama Doméstica/Residencial (R-32) (aplicação multi-sistema)

A selecção de um produto R-32 permite reduzir o impacto ambiental na ordem dos 68% em comparação com o R-410A e origina directamente um consumo de energia inferior graças à elevada eficiência energética

Modelos unidades exteriores:

  • Para duas unidades interiores: 2MXM40M(4Kw) e 2MXM50M9(5Kw)
  • Para três unidades interiores: 3MXM40N(4Kw) e 3MXM52N(5,2Kw) e 3MXM68N(6,8Kw)
  • Para quatro unidades interiores: 4MXM68N(6,8Kw) e 4MXM80N(8Kw)
  • Para cinco unidades interiores: 5MXM90N(9Kw)

Modelos unidades interiores (ver fotos):

  • “Emura FTXJ-M(W/S)”
  • “Stylish FTXA-AW” – NOVO
  • “Perfera FTXM-M”
  • “Comfora FTXP-L (Só com modelos 2MXM)”
  • “Consola de Chão FVXM-F”
  • “Unidades de Condutas FDXM-F”

aa (Classe energética varia conforme as combinações escolhidas)

Download Catálogo
Instalação
Revenda

Unidades Multi-Split Série MXM (R-32)

Valores de eficiência sazonal até A+++ em arrefecimento e A++ em aquecimento graças à tecnologia actualizada e à inteligência integrada

Podem ser ligadas até 5 unidades interiores a 1 unidade exterior multi; todas as unidades interiores são controladas individualmente e não é necessário instalá-las na mesma divisão ou em simultâneo. Cada unidade funciona individual e independentemente de outro conjunto

A selecção de um produto R-32 permite reduzir o impacto ambiental na ordem dos 68% em comparação com o R-410A e origina directamente um consumo de energia inferior graças à elevada eficiência energética

Podem ser ligados tipos diferentes de unidades interiores: por exemplo, unidades montadas na parede, cassete de canto montada no tecto, unidade de tecto falso

As unidades exteriores estão equipadas com um compressor “swing” e são reconhecidas pelo seu baixo nível de ruído e a sua eficiência energética

Os compressores inverter ajustam continuamente a velocidade do compressor às necessidades actuais. Menos arranques e paragens que consomem energia resultam num menor consumo (até 30%) e em temperaturas mais estáveis.

UA-78431855-1